Serviços

  • Atendimento de Crianças:
    Refere-se ao acompanhamento sistemático do desenvolvimento psicológico, avaliando, através da dinâmica do brincar as evoluções, impasses e interrupções do desenvolvimento. Também propõe-se através desta prática, o reconhecimento das emoções, sensações e percepções da criança possibilitando uma maior autonomia, confiança e contextualização na expressão destes.
  • Atendimento de Adolescentes:
    Através do reconhecimento das peculiaridades de cada adolescente, busca-se compreender os impasses envolvidos com a demanda, bem como a qualificação das suas relações com o mundo. Fortalecer e nomear o processo de transitoriedade do adolescente pode ser um dos objetivos deste trabalho.
  • Atendimento de Adultos:
    Busca-se a partir da dinâmica vínculo-acolhimento-construção, propor uma reflexão e análise sobre a dialógica do seu sintoma, trazendo ao paciente a possibilidade do fortalecimento emocional, viabilizando novos olhares e sentidos para suas experiências.
  • Atendimento de Idosos:
    A psicoterapia de idosos busca potencializar aspectos importantes deste momento de vida. Permitir a narração de sua história de vida e nesta permissão, abrir espaço para que os idosos possam lidar com mais propriedade e autonomia com suas dificuldades e limitações, trazendo a sabedoria e a experiência como coadjuvantes neste processo terapêutico.
  • Grupo Terapêutico e Oficinas Terapêuticas:
    São estratégias que primam por olhar seu sintoma e dificuldades a partir de um coletivo. Também objetiva realizar a construção de vínculos e autonomia, onde a escuta grupal ou o “fazer com” refletem em aspectos representativos e identificatórios.
  • Acompanhamento Terapêutico:
    Realiza uma interlocução do sujeito com o mundo, através de uma clínica sensível e distinta. A possibilidade da ampliação da circulação social, busca auxiliar pessoas com dificuldades a estabelecerem maior autonomia no cuidado de si. O material clínico a ser trabalhado e desenvolvido se dá a partir das ações do cotidiano.
  • Atendimento Domiciliar:
    Oportuniza ao paciente com alguma limitação, ser assessorado nos seus aspectos emocionais. Este acompanhamento pode se dar em qualquer faixa etária.